CIDADANIA

Arrecadação de fundos do Mundial 2017

Visão geral​

Durante o Campeonato Mundial de League of Legends em 2017, a Riot sediou uma campanha de arrecadação de fundos para apoiar 3 organizações globais: BasicNeeds, Learning Equality e Raspberry Pi Foundation.

O que eles fazem​

BasicNeeds - A BasicNeeds apoia pessoas com doenças mentais e epilepsia em países de renda muito baixa. Ela treina profissionais de saúde, ajuda governos locais a melhorar seus sistemas e trabalha com pessoas de comunidades locais afetadas por depressão, doença mental, epilepsia e outros problemas e as ajuda a viver de maneira independente, participar de suas comunidades e trabalhar. Eles operam no momento em mais de 15 países e servem a mais de 700.000 pessoas no mundo todo.

Learning Equality - A Learning Equality está comprometida em permitir que qualquer pessoa no mundo possa exercer seu direito a uma educação de qualidade, ao apoiar a criação, adaptação e distribuição de recursos abertos de educação e criar ferramentas de apoio para pedagogia inovadora. Sua primeira plataforma, a KA Lite, foi instalada em mais de 200 países e territórios e atingiu mais de 5 milhões de alunos.

Raspberry Pi Foundation - A Raspberry Pi Foundation é uma fundação de caridade sediada no Reino Unido que trabalha em colocar o poder da criação digital nas mãos de pessoas ao redor do mundo. Primeiramente conhecidos por nosso produto, o computador Raspberry Pi, de baixo custo e alta performance, cada centavo que fazemos ao vendê-los é usado para apoiar programas que ajudam pessoas a aprender codificação e computação em seis continentes.

Como estamos ajudando​

Através da nossa arrecadação de fundos global, a Riot conseguiu identificar resultados específicos de programação que nossos jogadores e comunidade podiam apoiar diretamente.

A BasicNeeds pretende expandir seus programas em mais três países com o objetivo de auxiliar mais 250.000 pessoas ao longo de três anos.

A Learning Equality desenvolverá e lançará sua plataforma de aprendizado offline, a Kolibri, e a inclusão de conteúdo envolvente para fornecer experiências digitais enriquecedoras a estudantes necessitados mundialmente.

A Raspberry Pi Foundation usará os fundos para apoiar a expansão do CoderDojo, uma rede global de clubes gratuitos de codificação onde jovens de 7 a 17 anos aprendem a codificar e criar usando tecnologia.